Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Poesia Cristã

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


ESCRIBAS E FARISEUS


São hipócritas, atores
De uma farsa comum,
Que se juntam um a um,
Como sábios professores;
São os escribas doutores
Da própria sabedoria,
Mas sua luz fugidia
Prenuncia o resultado:
Serão deixados de lado
No ato do grande Dia.

Os fariseus, seus parceiros,
Intensos religiosos,
Por caminhos escabrosos
Irão pisando em braseiros;
São seus lábios lisonjeiros
Sobre o povo a dominar;
Pedindo, prometem dar,
Pois seu pedido é sagrado,
Sendo bem mais desejado
Do que mesmo o próprio altar.

Abdias Campos

“Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque fechais o reino dos céus diante dos homens; pois vós não entrais, nem deixais entrar os que estão entrando! [Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque devorais as casas das viúvas e, para o justificar, fazeis longas orações; por isso, sofrereis juízo muito mais severo!] Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque rodeais o mar e a terra para fazer um prosélito; e, uma vez feito, o tornais filho do inferno duas vezes mais do que vós! Ai de vós, guias cegos, que dizeis: Quem jurar pelo santuário, isso é nada; mas, se alguém jurar pelo ouro do santuário, fica obrigado pelo que jurou! Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o ouro ou o santuário que santifica o ouro? E dizeis: Quem jurar pelo altar, isso é nada; quem, porém, jurar pela oferta que está sobre o altar fica obrigado pelo que jurou. Cegos! Pois qual é maior: a oferta ou o altar que santifica a oferta? Portanto, quem jurar pelo altar jura por ele e por tudo o que sobre ele está. Quem jurar pelo santuário jura por ele e por aquele que nele habita; e quem jurar pelo céu jura pelo trono de Deus e por aquele que no trono está sentado. Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hortelã, do endro e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importantes da Lei: a justiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas! Guias cegos, que coais o mosquito e engolis o camelo! Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes, por dentro, estão cheios de rapina e intemperança! Fariseu cego, limpa primeiro o interior do copo, para que também o seu exterior fique limpo! Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda imundícia! Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e de iniquidade... Serpentes, raça de víboras! Como escapareis da condenação do inferno?” (Mateus 23.13-28,33 | ARA).




ESCRIBAS E FARISEUS