Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


UM NOVO MANDAMENTO


“Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis” (João 13.34 ARC).

Esse novo mandamento que o Senhor Jesus nos dá nos eleva a outra dimensão do amor. Faz-nos entender que não precisamos do amor do outro para amá-lo, pois o Senhor nos amou sem que a Ele correspondêssemos do mesmo modo e estando nós enlameados no pecado, distantes do Pai.

Concretizando o mandamento do Senhor Jesus de amarmos ao nosso próximo, independente de ele nos amar ou não, é o suficiente para alcançarmos a graça de fazermos o bem como o Senhor nos fez. “...que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós...” Atentemos a isto: temos que amar ao outro, não como ele nos ama, e sim como Cristo nos amou.

Há ainda outro ensinamento dado pelo Mestre para que possamos cumprir o que está determinado no versículo anterior:

Então, disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz e siga-me” (Mateus 16.24 ARC).

A renúncia do sentimentalismo carnal para alcançarmos uma vida de amor no patamar do Senhor Jesus é de fundamental importância e, nessa renúncia, devemos incluir a paixão, um dos piores sentimentos humanos. Enquanto o amor ordenado pelo Senhor Jesus é firmado na Rocha, a paixão tem o seu alicerce no vento; conforme ele sopra, lá se vão os que por ela são levados e, desse modo, a muitos, sem volta.

“Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis” (João 13.34 ARC).

Devemos praticar o novo mandamento do Senhor Jesus, empenhando-nos ao máximo para alcançar tal dimensão de amor, não olhando para a reciprocidade humana, e sim para aquela que vem do Senhor e que é dada aos que Lhe obedecem.

Portanto, cumprir o novo mandamento do Senhor Jesus nos coloca numa posição muito mais elevada, sendo assim muito mais confortável, já que não precisamos gerar em nós mesmos expectativas no tocante ao outro; basta que o amemos como o Senhor nos amou.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




UM NOVO MANDAMENTO