Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


TOME A SUA POSIÇÃO


“Não é próprio dos reis, ó Lemuel, não é próprio dos reis beber vinho, nem dos príncipes desejar bebida forte. Para que não bebam, e se esqueçam do estatuto, e pervertam o juízo de todos os aflitos” (Provérbios 31.4-5 ARC).

Troque o nome de Lemuel pelo seu, para que compreenda que o Senhor está falando com você também, e não somente com Lemuel. “Porque tudo que dantes foi escrito para nosso ensino foi escrito” (Romanos 15.4a ARC). Além disso, o Senhor Jesus nos fez reis para Deus, para que possamos reinar em nossa vida com Cristo Jesus (Apocalipse 1.5-6).

A sobriedade do rei lhe dará equilíbrio para reinar com justiça; por isso,“não é próprio dos reis beber vinho, nem dos príncipes desejar bebida forte”. Aliás, está escrito também: “Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor. E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito” (Efésios 5.17-18 ARC). Aquele que é cheio do Espírito Santo de Deus experimenta as melhores e mais elevadas formas de prazer e alegria na presença do Pai.

Quando o anjo do Senhor anunciou a Zacarias o nascimento de João Batista, caracterizou-o com uma personalidade espiritual definida, e fez isso da parte de Deus. “Porque será grande diante do Senhor, e não beberá vinho, nem bebida forte, e será cheio do Espírito Santo, já desde o ventre de sua mãe” (Lucas 1.15 ARC).

A aflição do mundo requer dos reis e dos príncipes de Deus espírito sábio para testemunhar a Cristo Jesus com temperança, colocando-se como aqueles que recebem e vivem a lei do Senhor em sua vida de maneira sóbria, sendo exemplo dos fiéis (1Timóteo 4.12).

Sendo assim, não é próprio dos reis beber vinho, nem dos príncipes desejar bebida forte. Para que não bebam, e se esqueçam do estatuto, e pervertam o juízo de todos os aflitos”. Não podemos nos esquecer do regulamento de Deus nem corromper a decisão de testemunhar a santidade, a bondade e o poder do Senhor Jesus para livrar os aflitos da condenação eterna. Os aflitos necessitam do nosso exemplo para se encorajarem a mudar também, vendo a nossa mudança.

Alguns podem entender que a bebida alcoólica, com moderação, pode ser ingerida. Contudo, a Palavra nos conduz à reflexão: “‘Tudo me é permitido’, mas nem tudo convém. ‘Tudo me é permitido’, mas eu não deixarei que nada me domine” (1Coríntios 6.12 NVI). No momento em que eu me submeto à vontade de beber, ainda que moderadamente, estou sendo dominado por esse desejo. Pense nisso, não podemos agir contra a Palavra!

Portanto, tome a sua posição, para a qual foi chamado, pois o Senhor Jesus o fez rei para Deus. Amém.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




TOME A SUA POSIÇÃO