Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


REFLETINDO DIANTE DA LUZ


Muitas vezes Deus nos fala duramente, nos invoca a meditarmos sobre nossa conduta, nos incita a observarmos os nossos caminhos, nos ajuda a olharmos para dentro de nós com sinceridade e nos aponta a direção da vida correta que advém dEle. Cabe-nos aceitarmos e nos acertarmos com Deus. Atentemos ao que diz o versículo a seguir:

“Todos eles enganam os seus conhecidos, e ninguém fala a verdade. Eles ensinaram a sua língua a mentir; pecam e não abandonam a sua vida de pecado” (Jeremias 9.5 NTLH).

Quando não estabelecemos entre nós as verdades bíblicas como preceitos inegociáveis das nossas relações, nós nos enganamos uns aos outros, com falsos discursos, tão entranhados no cotidiano que às vezes nem percebemos que vivemos assim. Se vivermos as fantasias de nós mesmos, mentimos. Pecar é conduzir-se contra a verdadeira sabedoria que vem do Senhor Jesus, é confrontá-lO, é desafiá-lO, é rejeitá-lO.

“Por causa disso, o Senhor Todo-Poderoso diz: ‘Vou purificar o meu povo como se faz com o metal; eu o farei passar por uma prova. O meu povo fez o mal – o que é que eu posso fazer com ele? A sua língua é como uma flecha envenenada, e a sua boca fala mentiras. Cada um diz palavras amáveis ao seu vizinho, mas na verdade está preparando uma armadilha para ele’” (Jeremias 9.7-8 NTLH).

Nosso vizinho não é só o da casa conjugada à nossa; nosso vizinho é também o nosso próximo, aquele que está ao nosso lado: o cônjuge, o irmão consanguíneo, o irmão em Cristo, o cunhado, o sogro, o colega, o amigo, o que nos presta serviço, o nosso cliente, o entregador de água, pizza, gás, o mendigo da rua, a prostituta, o outro motorista no trânsito, o bêbado perdido, o sofrido pelas cadeias do inferno, e todos os que não foram citados aqui, seja por convivência contínua ou esporádica ou casual.

Para mudarmos esse quadro, faz-se necessário tomarmos a decisão de sermos transformados. Entretanto, é impossível conseguirmos nos livrar desses enganos humanos por esforço próprio. “Necessário vos é nascer de novo” (João 3.7 ARC), disse Jesus. Para aquele que ainda não nasceu de novo é irrealizável tal mudança, pois precisamos do Espírito Santo, dentro de nós, para sermos convertidos pela Palavra transformadora.

Quando nascemos de novo, passamos a ouvir a Palavra, não mais com os ouvidos carnais, desobedientes, mas com os ouvidos espirituais da obediência, atentando à voz do Senhor, que diz: Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos e cessai de fazer mal” (Isaías 1.16 ARC).

Assim que tomamos conhecimento de nossa conduta errada pela consciência gerada no obedecer à Palavra de Deus, somos consequentemente limpos por ela. “Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade” (João 17.17 ARC). Santificados quer dizer separados do pecado, apartados do mal.

Portanto, uma vez andando conforme as instruções divinas, somos limpos e chegamos à graça da santificação. “Vós já estais limpos pela palavra que vos tenho falado” (João 15.3 ARC). Oh, glória! Alegre-se no Senhor e dê ouvidos, ininterruptamente, a Palavra purificadora. Aleluia.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




REFLETINDO DIANTE DA LUZ