Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


NÃO RETIRE OS OLHOS DO SENHOR!


Pedro caminhou sobre as águas, olhando para o Senhor Jesus; quando desviou seu olhar, sentiu o vento e temeu – lá se ia o apóstolo afundando, até que o Senhor o socorreu. A Palavra de Deus nos ensina para não pôr coisa má diante dos nossos olhos (Salmo 101.3 ARC). A coisa má contamina, estraga, enfraquece e leva à queda.

“Quanto a mim, os meus pés quase que se desviaram; pouco faltou para que escorregassem os meus passos. Pois eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios” (Salmo 73.2-3 ARC).

O Espírito Santo, por intermédio do salmista Asafe no Salmo 73, mostra que o homem pode escorregar e afundar, ao desviar sua atenção do Altar. Asafe começou a observar os ricos, orgulhosos, pecadores, cheios de pompas, gozando das melhores coisas deste mundo, pintando e bordando, prosperando, e nada acontecendo de ruim com eles.

Asafe questionou a sua própria fidelidade, que se dava com tantas lutas, ao ver os ímpios usufruindo do bom e do melhor e sempre de bem com a vida. “Pois eu tinha inveja dos soberbos, ao ver a prosperidade dos ímpios” (Salmo 73.3b ARC).

Que perigo! Misericórdia, Senhor! Como estamos suscetíveis a cair quando retiramos os olhos da Palavra, quando olhamos para a coisa má! “Eis que estes são ímpios; e, todavia, estão sempre em segurança, e se lhes aumentam as riquezas” (Salmo 73.12 ARC), pensava o salmista, ao contemplar a vida dos maus.

Invejar o pecador, desejar ser como ele – que caminho horrível poderá tomar o cristão! Cuidado, meu irmão, para não olhar e desejar a vida do ímpio, almejar ser como ele, querer ter o que ele tem, viver como ele vive!

“Quando pensava em compreender isto, fiquei sobremodo perturbado; até que entrei no santuário de Deus; então, entendi eu o fim deles” (Salmo 73.16-17 ARC).

Oh, glória! Aqui está o grande ensinamento para que o cristão não escorregue e caia na tentação de observar o ímpio e invejá-lo; antes, ENTRE NO SANTUÁRIO e Deus lhe fará entender o fim deles.

Ao entrar no SANTUÁRIO, na presença de Deus, o Senhor mostrou para Asafe que os ímpios estão postos em lugares escorregadios, lançados em destruição. Então, ele entendeu e refletiu: Como são destruídos de repente, completamente tomados de pavor! São como um sonho que se vai quando acordamos; quando te levantares, Senhor, tu os farás desaparecer” (Salmo 73.19-20 NVI).

Depois de entrar no SANTUÁRIO, agora com os olhos no Senhor, Asafe cai na realidade espiritual que não se mostra aos olhos da carne, e sim ao espírito quebrantado na presença do Senhor: “Porventura, não sabes tu que desde a antiguidade, desde que o homem foi posto sobre a terra, o júbilo dos ímpios é breve, e a alegria dos hipócritas, apenas de um momento?” (Jó 20.4-5 ARC).

Portanto, nunca tenha, em momento algum, desejo de ser como o pecador ou tê-lo como exemplo, pois ele anda na escuridão. Não desvie a sua atenção, por um segundo sequer, da Palavra de Deus.

“Pois eis que os que se alongam de ti perecerão; tu tens destruído todos aqueles que, apostatando, se desviam de ti. Mas, para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor Deus, para anunciar todas as tuas obras” (Salmo 73.27-28 ARC).

Oh, glória! Olhemos tão somente para o Autor e Consumador da nossa fé, o SENHOR JESUS. Vivamos a alegria e a felicidade de esperar pela Sua volta, conservando-nos na obediência à Palavra. Amém!

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




NÃO RETIRE OS OLHOS DO SENHOR!