Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


EU SOU O SENHOR; ESTE É O MEU NOME


No mundo, os criadores de ilusões se valem de palavras vagas e divagam em dizeres que iludem a si mesmos e aos que os ouvem. Acreditam que podem influenciar as pessoas apresentando o seu modelo de pensamento. Eles se satisfazem também em iludir-se ouvindo aos seus pares. Essa é uma característica performática do mundo. É a cena constantemente retroalimentada no convívio social e familiar por aqueles que ainda não se submeteram ao senhorio de Jesus e O classificam como mal entendem.

“Não que sejamos capazes, por nós, de pensar alguma coisa, como de nós mesmos; mas a nossa capacidade vem de Deus” (2Coríntios 3.5 | ARC).

Quando o Senhor Jesus nos adverte que, para sermos Seus discípulos, temos que renunciar a nós mesmos (Lucas 9.23), Ele está propondo uma aliança eterna e verdadeira conosco, para que a capacidade de Deus possa nos alcançar. Fica fácil, portanto, entendermos que não temos capacidade alguma para que possamos, por ela, prover a nossa vida de algum benefício real.

A capacidade que o homem vê como de si mesmo é geradora de cobiças, e a cobiça corrói o ser humano por dentro. Ela é parte da cartilha do diabo com o objetivo de acender rijas no interior do homem e miná-lo para as coisas verdadeiras. Daí surge a amarga inveja que fecha o ser humano por dentro no porão do maligno. “Mas, se tendes amarga inveja e sentimento faccioso em vosso coração, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade” (Tiago 3.14 | ARC). E mais: “Essa não é a sabedoria que vem do alto, mas é terrena, animal e diabólica” (Tiago 3.15 | ARC).

Ao renunciar a si mesmo para ter o Senhor Jesus no comando da sua vida, o homem decide deixar o obscurantismo do mundo que jaz no maligno e adentrar o Reino de Deus, conhecendo e seguindo a Jesus Cristo, a Luz do mundo. No entanto, se o homem insistir em disputar com Deus, arregimentará para a sua vida qualquer coisa menos o Senhor que Se define claramente. “Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor, às imagens de escultura” (Isaías 42.8 | ARC). Maravilhosa é esta declaração suprema de Deus: “EU SOU O SENHOR; ESTE É O MEU NOME”. O nome “Senhor” tem em si mesmo o senhorio, o comando; Ele manda, ordena, dirige. Não há lugar para dois senhores na vida de ninguém; ou Deus está no comando ou é a própria pessoa.

Portanto, se ainda não a fez ou se a fez de forma parcial, que é o mesmo de não a ter feito, faça agora a escolha de negar-se a si mesmo e tomar sobre si o senhorio do nosso amado Salvador e Senhor Jesus Cristo. Deixe tudo o que Ele condena. Viva tudo o que Ele ensina. Louvado seja o Seu santo nome, pelo qual recebemos todas as bênçãos que necessitamos vindas do céu. Entregue o seu caminho ao Senhor se ainda não o entregou. Viva a eterna alegria do Reino de Deus. Amém.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




EU SOU O SENHOR; ESTE É O MEU NOME