Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


EMPRESTAR DINHEIRO A JUROS É PECADO?


Queremos ser abençoados por Deus. É natural que todos desejem a bênção e não a maldição. Para isso, precisamos entender que determinadas coisas que fazemos podem nos deixar fora do alcance das bênçãos do Senhor, se a Bíblia estiver classificando-as como pecado. E o que é pecado? É tudo o que a Palavra de Deus condena e é praticado pelo homem.

Emprestar dinheiro a juros é pecado? Examinemos com o coração aberto e submisso a instrução do Senhor, para que possamos reter os ensinamentos divinos que nos encaminham para Deus e para a Sua eterna bondade.

“Senhor, quem pode chegar ao seu templo? Quem pode estar no seu monte santo? A pessoa que não cobra juros quando faz empréstimos, e que não se deixa subornar para prejudicar os inocentes. Só quem leva uma vida assim poderá estar sempre junto a Deus” (Salmo 15.1,5 VFL).

O bem nos sobrevém quando estamos juntos do Senhor, unidos a Ele pela obediência à Sua Palavra (Jó 22.21). A pergunta feita no início do texto bíblico acima nos leva a meditar, de como devemos proceder para chegarmos à presença do Senhor, onde há abundância de alegria e jamais de condenação (Salmo 16.11). Então, examinemos: “Senhor, quem pode chegar ao seu templo? Quem pode estar no seu monte santo?” As duas perguntas indagam acerca da mesma coisa: quem pode estar junto de Deus? Eis a resposta: “A pessoa que não cobra juros quando faz empréstimos, e que não se deixa subornar para prejudicar os inocentes”. Conclui-se, então, com uma afirmação definitiva: “Só quem leva uma vida assim poderá estar sempre junto a Deus”.

O Reino de Deus é de irmandade e de cooperação. A Bíblia nos ensina a não tirar proveito da desgraça do próximo enxergando nela a possibilidade de obter lucro, aproveitando-se de sua miséria e lhe impondo usura. Para o nosso sustento, o Senhor nos dá atividades, nas quais produzimos com o suor do nosso rosto, como está escrito: “Do suor do teu rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste tirado; porque és pó, e ao pó tornarás” (Gênesis 3.19 | A21).

A Palavra determina que se o nosso irmão empobrecer, devemos ajudá-lo a sair do poço escuro no qual se meteu. O Senhor Deus declara. “Não receberás dele juros nem lucro, mas temerás o teu Deus, para que teu irmão viva contigo. Não lhe emprestarás teu dinheiro a juros, nem os teus víveres [mantimentos] visando lucro. Eu sou o Senhor vosso Deus. Eu vos tirei da terra do Egito, para vos dar a terra de Canaã, para ser o vosso Deus” (Levítico 25.36-38 | A21). A frase final do nosso Deus nos dá ciência de que foi Ele que nos livrou da terra da escravidão para nos dar a terra prometida que mana leite e mel. O homem não pode receber coisa alguma se não lhe for dada do céu (João 3.27).

Portanto, devemos buscar ao Senhor para que Ele nos abençoe com as bênçãos vindas do céu, e que possamos glorificar o Seu santo nome com o nosso trabalho de amor ao próximo e de respeito a Deus, sendo por Ele recompensados em tudo. Amém.

Nota: Retira-se do entendimento os bancos que são atividades econômicas do sistema financeiro de um país, organizados por lei e regulamentados por regras governamentais.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




EMPRESTAR DINHEIRO A JUROS É PECADO?