Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


É DIA DE ETERNA ALEGRIA!


Muitos ainda estão acreditando que o cumprimento do Dia do Senhor não se dará. Uma grande multidão aposta que os que anunciam a volta de Cristo Jesus, para buscar a Sua Igreja, apenas alardeiam um assunto que não foi atestado cientificamente. Portanto, se o homem não comprovou, não tem valor algum. Contudo, não existe regra comprobatória do Reino de Deus na terra dos homens. Ou se crê ou não se crê.

Naquele tempo, respondendo Jesus, disse: Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, que ocultaste estas coisas aos sábios e instruídos e as revelaste aos pequeninos” (Mateus 11.25 ARC).

Para compreender a grandeza de Deus, temos que nos tornar pequeninos, dependentes dEle, necessitados do Senhor, renunciando a nós mesmos e ao conjunto de conhecimentos que angariamos nas bancas de universidades e nas experiências da vida terrena.

O apóstolo Paulo, que era um homem douto, não teve dúvida em deixar a sabedoria humana para ganhar a sabedoria de Cristo Jesus, nosso Senhor, de maneira que preferiu perder todas as suas convicções pessoais, ao ponto de compará-las, diante da excelência de Cristo, com ESTERCO. “E, na verdade, tenho também por perda todas as coisas, pela excelência do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor; pelo qual sofri a perda de todas estas coisas e as considero como esterco, para que possa ganhar a Cristo” (Filipenses 3.8 ARC).

Sabendo disso, meus amados, corramos firmemente à salvação que nos está proposta para nos encontrarmos prontos no Dia do Senhor.

“Porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do Homem no seu dia” (Lucas 17.24 ARC).

Que Dia magnífico, que alegria é esperarmos por esse momento! Entretanto, nos é imposta a responsabilidade extrema acerca da nossa própria salvação, porque nos dias atuais em que a terra tem sido transformada num grande mercado de ilusões, o homem desatento gradativamente se distancia de Deus, e naquele Dia pode ser achado fora do alcance da salvação.

“E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do Homem. Comiam, bebiam, casavam e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio e consumiu a todos” (Lucas 17.26-27 ARC).

Aí está o grande perigo, que se constitui em o homem viver cuidando tão somente do que lhe é cotidiano e não buscar o conhecimento de Deus, o Criador, o Salvador, porque quando atentar para a verdadeira vida, que é a espiritual, poderá não haver mais tempo.

“Digo-vos que, naquela noite, estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado. Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada. Dois estarão no campo; um será tomado, e outro será deixado” (Lucas 17.34-36 ARC).

O Senhor Jesus não está estabelecendo uma regra pela qual sempre um vai e outro fica, não. Ele está nos dizendo que o fato de um ser de Deus e o outro não, por mais que tenham comunhão entre si, aqui na terra, não subirão os dois por conta dessa condição que os une, porque a salvação é individual.

Medite! Apronte-se, porque esse Dia será dia de eterna alegria ou de eterna miséria dependendo da escolha. Escolha, pois a vida. Amém.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo

 




É DIA DE ETERNA ALEGRIA!