Mensagens de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


DE DEUS PARA OS HOMENS


O Senhor Jesus nos ordena ensinar às pessoas a praticar todas as coisas que Ele tem mandado. Os seus mandamentos, preceitos, ordenanças e testemunhos estão nas Escrituras Sagradas, isso tudo é o que devemos ensinar. “Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado” (Mateus 28.20 | ARC).

O homem casado tem, além da missão de testemunhar a Jesus Cristo, o encargo de cuidar da sua esposa, conforme está escrito, se é que deseja ter as suas orações respondidas por Deus.

“Igualmente vós, maridos, coabitai com ela com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus coerdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações” (1Pedro 3.7 | ARC).

“Igualmente vós, maridos, coabitai com ela com entendimento.” Coabitar é habitar em comum, partilhar o mesmo espaço de habitação. Esposo e esposa habitam o mesmo lugar, no qual vivem as mais diversas situações. Ao homem é dada a ordem de coabitar com ela com ENTENDIMENTO, ou seja, com inteligência, buscando o entrosamento, o acordo, o ajuste. “Dando honra à mulher, como vaso mais fraco.” Essa fraqueza a que se refere a Bíblia não é necessariamente no que diz respeito à força física, nem tampouco à disposição para desafios. Basta olharmos para a missão de gerar filhos – qual de nós nos daríamos tamanha missão? A fraqueza a que se refere a Bíblia, porém, diz respeito à natureza sensível da mulher. O Senhor fez a mulher para o casamento; o casamento unifica os dois numa só carne.

A mulher é movida a carinho. Não estou falando de carícias, mas de carinho, que vai muito além. Significa tratá-la com respeito e docilmente; dar-lhe atenção, ouvi-la, dar importância ao que diz; reconhecê-la, atendê-la, considerá-la, valorizá-la; ajudá-la com a compreensão de quem tem Jesus no coração e sabe ouvir, falar e entender momentos de lutas pessoais e tolerar e amar. “Dando honra à mulher.” Nenhum homem consegue tal prática apenas porque resolveu ser bonzinho de uma hora para outra. Essas coisas não se acham no homem natural, mas em Cristo Jesus. É preciso vivê-lO em nós. Os Seus ensinamentos tem que nos mover de dentro para fora; do contrário, é só fogo de palha. Entretanto, ao se sujeitar a Deus, o homem chega à dimensão para a qual o Senhor o criou. A mulher é o tesouro do marido, é dádiva divina à sua própria vida. Honre a sua esposa.

“Como sendo vós os seus coerdeiros da graça da vida.” Com ela, somos herdeiros do ato sacrifical de amor do Senhor Jesus, que na cruz do Calvário Se entregou por todos nós, homens e mulheres, esposos e esposas. A graça da vida provém do amor de Deus, que nos salvou e nos mantém unidos com Ele. Entendamos que, embora tenhamos papéis diferentes em determinadas circunstâncias da vida e na composição do lar, temos também, igualmente, a mesma redenção no Senhor, pela qual fomos por Ele alçados à salvação. O marido precisa compreender e praticar o que lhe é designado pela Palavra, com relação a coabitar com entendimento com a sua mulher, dando a ela honra.

“Para que não sejam impedidas as vossas orações.” O marido que não cumpre essas ordens divinas tem sobre si um céu de bronze, pelo qual não passam as suas orações. Por conseguinte, não chegam ao altar de Deus para serem atendidas por Ele.

Meus amados irmãos, o Senhor quer abençoá-los e responder a todas as suas orações. É só fazer como Ele ordena e tudo fica muito fácil. Ame a sua esposa. Amar não é atração física; o amor é espiritual. Amar é uma decisão pessoal e se dá num patamar mais alto, bem mais alto, onde habita o próprio Deus, no coração do homem convertido. Deus os abençoe. Amém.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo




DE DEUS PARA OS HOMENS