Mensagens de Deus

SERtão de Deus

Mensagens de Vida

Mensagem de Poder

Compartilhe em suas redes sociais :
icone facebook icone twitter icone gplus icone whatsapp


A FORÇA QUE PRECISAMOS!


Para onde quer que o Senhor nos envie, devemos ir na Sua força. Motivados pelo que Ele nos falou pela Palavra, ela produzirá fé em nosso coração e nos impulsionará com ousadia, intrepidez e perseverança a cumprirmos a missão que nos é dada. Isso faz toda a diferença para o resultado almejado.

Não importa qual seja a área da vida ou a questão posta a se resolver. Importa que a gente saia para realizá-la com a Palavra que Ele nos der, como instrumento infalível que é para a execução de toda e qualquer boa obra. A Palavra é a força que nos conduz no caminho da realização exitosa.

“Sairei na força do Senhor Deus; farei menção da tua justiça, e só dela” (Salmo 71.16 ARC).

Sairei na força da Tua Palavra, assim devemos sair para a batalha. Agirei de acordo com a instrução que o Senhor me deu. Não há como dar errado se agirmos assim, porque na força dEle há todo o poder para resolver qualquer questão. Contempla-se aí todos os problemas de qualquer natureza: pessoal, familiar, ministerial, profissional, em todos os âmbitos. Não há quem possa impedir a mão de Deus de operar, conforme o que Ele declara.

Tão-somente devemos permanecer atentos para fazer igual ao que diz a Palavra: “SAIREI NA FORÇA DO SENHOR DEUS”. Somente em Sua força; não vamos sair na força de ninguém mais, muito menos na nossa; essas forças são nulas para as batalhas da vida. O versículo finaliza, dizendo: “FAREI MENÇÃO DA TUA JUSTIÇA, E SÓ DELA”.

 A segunda parte do versículo é tão importante quanto a primeira, fundamental para que a força do Senhor, em nosso favor, continue operando. “Farei menção da tua justiça.” Falarei o que diz a Palavra, declararei diante dos problemas, em oração, e diante dos homens, na fala cotidiana, as promessas de Deus em favor do Seu povo.

“Deus não é homem, para que minta; nem filho de homem, para que se arrependa; porventura, diria ele e não o faria? Ou falaria e não o confirmaria?” (Números 23.19 ARC).

Não falarei da minha justiça, dizendo que eu vou fazer porque eu sou assim e assim e assim. Não façamos isso. Se assim fizermos, poderemos anular a força de Deus, em nós, na batalha espiritual. Não falemos também desta ou daquela pessoa, como nossa segurança, por mais que ela seja usada por Deus e na nossa vida seja uma grande bênção. Falarei, farei menção, dependerei tão-somente “DA TUA JUSTIÇA”, “E SÓ DELA”.

Essa é a força de que precisamos para vencer, em tudo. É só pô-la em prática na vida diária e desfrutar do bem de Deus para nós, os que cremos.

Na alegria do Senhor, que é a nossa força,
Abdias Campos, servo do Deus vivo

 




A FORÇA QUE PRECISAMOS!