Abdias Campos
         
 

Abdias nos Campos de Versos

Livraria Virtual

Educando com Arte

     

Ficha Técnica

Oficina:
Recursos Culturais e Educativos
da Poesia de Cordel


Instrutor:
Abdias Campos


Carga Horária:
30 horas



Contatos


e-mail:
abdiascampos@gmail.com

Telefones:

Fixo
  (81) 3038.5704
  (81) 98315.5969
 


OFICINA: RECURSOS CULTURAIS E EDUCATIVOS DA POESIA DE CORDEL

Nesta oficina falamos do surgimento da Literatura de Cordel na Europa, a entrada dela no Brasil e o seu desenvolvimento na região Nordeste; importância histórica como veículo de comunicação e lazer do semiárido e instrumento de letramento na zona da mata; os temas explorados e difundidos; formação estética, mercado, construção das métricas e exercício de produção de histórias no formato de folheto de cordel.

Ao final da oficina é fornecida apostila com exercícios práticos de orientação.

O objetivo é levar aos participantes o conhecimento das técnicas estruturais e poéticas para a feitura dos versos de cordel, em formato de folheto, apresentando os meios de todo o universo possível de atuação desta literatura, desde a narrativa escrita, até a possibilidade de interpretação dramatizada dos textos, capacitando-os para o exercício profissional e/ou de conhecimento, tornando-os agentes multiplicadores deste ofício, incitando novos poetas populares e despertando arte educadores e professores do ensino público e privado para a utilização deste recurso em sala de aula.

 



BREVE HISTÓRICO ARTÍSTICO

Abdias Campos é poeta, cordelista, violeiro, compositor, declamador e instrutor de cursos e oficinas de Poesia de Cordel e Rima, estudou Administração de Empresas na Universidade de Pernambuco - UPE.

Com o conhecimento empírico do labor artístico e a dedicação em pesquisar mais a poesia erudita e popular, além do conhecimento acadêmico que o motivou ao ensino, Abdias criou métodos facilitadores para repassar técnicas de arrumação estética de poesias para iniciantes, numa linguagem acessível e compreensível a todos.

Tem 06 Cds gravados, 03 de música ( Do canto da Juriti ao Baque das Ondas, Pedra de Amolar, Rama e Cantoria de Fé) e 02 de cordel ( Literatura de Cordel - Cantada e Declamada e o CD audiolivro infantil Meu Cordelzinho de Histórias).

Trabalhou na Rede Globo em 2007, atuando na minissérie: A Pedra do Reino, de Ariano Suassuna, dirigida por Luiz Fernando Carvalho, no papel do menestrel violeiro, João Melchíades. Fez a declamação do cordel narrativo do filme de animação Até o Sol Raiá, dos diretores Fernando Jorge e Leanndro Amorim, filme vencedor do Animamundi de 2007.

Realizou de 01 de janeiro a 31 de julho de 2011, Oficinas pela Bolsa Funarte de Circulação Literária, FUNARTE – MINC, como artista-bolsista, nos Territórios da Cidadania: Sertão do Pajeú / Pernambuco, Cariri Ocidental / Paraíba e Baixo Jequitinhonha em Minas Gerais, ministrando a oficina: Recursos Culturais e Educativos da Poesia de Cordel, com carga horária de 30 horas, para professores da rede pública, arte-educadores, orientadores pedagógicos e poetas, formando multiplicadores literários neste gênero textual.

Abdias Campos foi professor do Instituto Vida, de julho de 2005 a agosto de 2006, ensinando: “Linguagens da Poesia Popular e Erudita”, pelo projeto Educação pela Arte, financiado pelo instituto Junia Rabelo; ministrou a oficina: Uma Prosa Sobre os Versos de Cordel, pela Fundarpe de 23 a 27 de julho de 2007 dentro da programação de oficinas do Festival de Inverno de Garanhuns, em Pernambuco; ministrou oficina de Literatura de Cordel pelo Programa Multicultural da Fundação de Cultura do Recife, em agosto de 2006; ministrou oficina de Rima no evento: Linguagem e Entrechoques Culturais - Interculturalidade e Construção de Saberes, no Campus da Universidade Estadual da Paraíba, em Catolé do Rocha, para professores e alunos de Letras, de 23 a 25 de abril de 2008.

Realizou Recital poético no teatro do Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcante, em Garanhuns/PE, pela Universidade de Pernambuco Campus Garanhuns (UPE), em 26 de março de 2011, encerrando a cerimônia da aula inaugural dos cursos de pós-graduação em Língua Portuguesa, Geografia, História, Supervisão Escolar e Gestão Pedagógica, Psicopedagogia, Matemática e Saúde Pública, para cerca de 400 pessoas, entre professores e alunos dos cursos de pós-graduação. Realizou no dia 22 de outubro de 2010, no auditório do Hotel Canarius de Gaibú, litoral Sul de Pernambuco, palestra sobre Literatura de Cordel como gênero textual em sala de aula, pela Secretaria de Educação de Pernambuco, para professores coordenadores de ensino da rede estadual.

Nesses últimos anos tem sido convidado e realizado palestras sobre Literatura de Cordel e Cultura Popular nas seguintes instituições SESC/SC, SENAC/PE, CEFET, FUNDAJ, FUNDARPE, AESA/CESA e Secretarias de Educação da Capital e do Interior.